Aparecida de Goiânia

UPA’s de Aparecida passam por melhorias no atendimento e reduzem em 50% o tempo de espera do paciente

O tempo de espera dos pacientes das três Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) de Aparecida de Goiânia reduziu, em média, 50%. A conquista foi anunciada na manhã da quarta-feira, 27, pela equipe do Hospital Sírio-Libanês (HSL), em evento realizado no auditório da Associação Comercial e Industrial de Aparecida (Aciag). Na ocasião, consultores da instituição apresentaram os resultados do Projeto Lean, realizado em parceria com a Prefeitura, que implantou diversas melhorias nas UPA’s.

O prefeito Gustavo Mendanha prestigiou o evento e explicou as conquistas na Saúde. “Fomos o primeiro município a buscar esse tipo de trabalho com uma unidade referência como é o Sírio-Libanês. Encaramos o desafio de identificar e reconhecer nossas debilidades para desenvolver projetos de superação. Estabelecemos metas ao nosso time de profissionais de saúde, que vestiu a camisa e abraçou a ideia. Como resultado, reduzimos as filas de espera e os custos das UPA’s, entregando serviços mais humanizados e eficientes”.

O secretário de Saúde, Alessandro Magalhães, também parabenizou os servidores da pasta pelas mudanças. “Os consultores do Hospital Sírio-Libanês capacitaram nossos profissionais para que eles otimizassem processos de trabalho. Um projeto feito a várias mãos, que com certeza será estendido para outras unidades de saúde de Aparecida. O Lean não se encerra hoje, bem como nossa parceria com o HSL”, afirmou o gestor.

O médico e membro da equipe do Hospital Sírio-Libanês, André Osmo, explicou o fundamento do projeto em coletiva à imprensa. “Nossos consultores ministraram treinamentos, revisaram processos, calcularam o tempo de ações e compartilharam conhecimentos. Tudo com o envolvimento dos servidores, para que juntos aumentassem a resolutividade dos atendimentos. A semente foi plantada e nós esperamos que essa ideia prossiga em Aparecida”.

Segundo o gerente de consultoria do HSL, Rafael Saad, os indicadores observados apontaram que o tempo de espera para receber o primeiro atendimento médico nas UPA’s de Aparecida foi reduzido em 37%. Para administração de medicamentos na sala de injeção, a redução foi 65%. Já o tempo médio para liberação de resultados de exames passou de 120 minutos para 56.

Os especialistas de processos do HSL, Everton de Macedo da Cunha e Carina Pires, abordaram outros resultados alcançados. De acordo com eles, ocorreram melhorias do tempo médio de permanência do paciente sem internação na UPA’s, que passou de 7h40 para 2h40, além da redução de custos. “O município conquistou uma economia de 17% nos valores referentes à coleta de lixo das unidades de Pronto Atendimento. Os custos da Sala de Medicação também diminuíram, passando de 23 mil reais para 14 mil”, pontuou Carina Pires.

Para o Everton de Macedo da Cunha, o sucesso alcançado pelo Lean tem origem na disponibilidade dos servidores. “Conseguimos uma redução média de 50% no tempo de espera do paciente. Podemos afirmar que 345 mil vidas serão impactadas, todos os anos, com as mudanças na rede pública de saúde de Aparecida de Goiânia”.

Ao final, todos os servidores envolvidos apresentaram um resumo do trabalho e dos resultados alcançados. Eles receberam uma certificação do Hospital Sírio-Libanês. 33 projetos foram entregues e outros 15 estão em andamento. O médico especialista do Hospital Sírio-Libanês, Luiz Ronaldo Huber e o analista, Noerci Batistela Júnior, também participaram do evento.

A farmacêutica da UPA Geraldo Magela no Parque Flamboyant, Kelly Cristina Vieira, foi uma das participantes do Lean. “O projeto que desenvolvi padronizou a conduta de distribuição e controle de antimicrobianos na UPA. Com o apoio e a intervenção do Sírio Libanês, reduzimos o estoque desses medicamentos em 70%, bem como, do custo referente a ele”, explicou.

Direto das UPA’s

O morador do Centro de Aparecida, Jair Marques, de 73 anos, já percebeu as mudanças da UPA Brasicon: “O atendimento foi ótimo! Fui muito bem recebido pelos médicos, enfermeiros e técnicos. Estou impressionado como tudo melhorou!”. Também bastante satisfeita, a moradora da Vila Oliveira, Kamylla Garcia, de 15 anos, elogiou: “Na semana passada busquei atendimento na Brasicon e tive minhas expectativas superadas. Precisei retornar e não foi diferente. Tudo muito rápido! Não tenho nada a reclamar somente agradecer”. Fonte: Camila Godoy

 

Related Articles