Aparecida de GoiâniaArtigo

Setor da indústria amplia vagas de emprego em Goiás

Maione Padeiro é presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial da Região Leste de Aparecida (ACIRLAG )

A instalação de indústrias e comércios em Aparecida de Goiânia reforça o desempenho da atração de investimentos do município, gerando oportunidades de emprego e renda. O município de Aparecida de Goiânia passou a ser conhecido no Brasil como polo industrial,com potencial para o turismo de negócios em virtude da sua vocação econômica e faculdades que oferecem cursos tecnológicos.

Dados divulgados pela Secretaria Nacional do Trabalho, do Ministério da Economia, mostram que na análise regional, Goiás destacou-se na região Centro-Oeste do país com a abertura de 2.796 vagas. Ascontratações foram principalmente na indústria de transformação, que respondeu por 59,8% das vagas criadas (1.673 vagas), sendo o setor que mais contratou no mês.

No ano, o saldo em Goiás está positivo em 24.990 vagas. A indústria de transformação representa 23,3% desse total (5.833 vagas). A indústria química, de produtos farmacêuticos, veterinários, perfumaria e cosméticos, destaca-se com a criação de 3.601 vagas/ano. No ranking nacional, o Estado ficou na quarta colocação de abertura de vagas, atrás somente de Minas, Espírito Santo e São Paulo.

Aparecida, que é a segunda maior cidade do Estado, está fortalecendo sua vocação industrial. Por isso, acredito e defendo políticas de fomento ao setor produtivo para atração de novos investimentos. É a indústria que paga os melhores salários e multiplica a abertura de novos empregos. E a Associação Comercial, Industrial e Empresarial da Região Leste de Aparecida de Goiânia (Acirlag) está de portas abertas para atender investidores e apoiá-los na modernização de seus negócios e abertura de novas empresas e lutando contra a desburocratização .

Maione Padeiro é presidente da Associação Comercial,
Industrial e Empresarial da Região Leste
de Aparecida de Goiânia (ACIRLAG)

Related Articles