Política

Professor Alcides defende causa municipalista nos ministérios, em Brasília

Deputado federal Professor Alcides (PP) tem trabalhando intensamente para atender demandas dos prefeitos goianos nos ministérios, em Brasília.

No final da manhã de terça-feira, dia 19, o deputado esteve no Ministério do Turismo, onde se encontrou com o Secretário Nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier Borchio, e com os prefeitos José Faleiro, de Silvânia, Cleide Gullas, de Pires do Rio, Edimon Borges, de Caldazinha, e representantes de outras cidades da Região da Estrada de Ferro.

Professor Alcides esteve no Ministério com os prefeitos porque se comprometeu em ajudá-los na estruturação de um projeto turístico para atender todas as cidades da região. “Queremos a volta dos trens de passageiros e a construção de estações com estruturas físicas adequadas para atender os turistas que passarem pela estrada de ferro”.

Segundo o Professor Alcides, Robson Napier garantiu que o Ministério do Turismo vai participar do projeto com a liberação de recursos do Orçamento Geral da União. Além disso, ele vai apresentar emendas para garantir a implantação do projeto em poucos anos. “É um projeto muito importante que vai gerar emprego e renda para os moradores”, justificou o parlamentar.

 

Educação

 

Antes de se dirigir ao plenário da Câmara Federal, à tarde, o deputado Professor Alcides esteve no Ministério da Educação, onde participou, ao lado de colegas deputados e senadores goianos, de uma reunião com o ministro Ricardo Vélez Rodríguez para tratar das pautas pré-definidas pela bancada de Goiás. “Cobramos do ministro a construção de Cmeis, a aquisição de ônibus escolares para a prefeitura de Aragarças, que teve seus veículos queimados recentemente, agilização do processo de credenciamento e regularização de cursos superiores e a autonomia administrativa para as unidades da UFG em Jataí e Catalão”, disse.

O Professor Alcides falou ao ministro sobre a situação de Aparecida de Goiânia, onde cerca de 11 mil crianças estão fora da escola por causa da falta de Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis). Ele informou também que a prefeitura já licitou 18 novas unidades, mas que as construções não foram iniciadas porque os recursos estão bloqueados pelo Governo Federal e que outros seis Cmeis foram iniciados, mas estão com as obras paralisadas.

Ricardo Vélez Rodríguez reconheceu que os pleitos são legítimos e garantiu que vai utilizar recursos do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação para repor os veículos queimados em Aragarças e que as outras demandas serão atendidas na medida do possível. “Nos dias 28 e 29 vamos atender os prefeitos goianos aqui em Brasília, juntamente com o ministro, para discutirmos as pendências e as demandas de cada um deles com o Ministério da Educação”, lembrou o Professor Alcides.

“Queremos educação pública de qualidade e essa é uma das minhas bandeiras de atuação no Congresso Nacional.
Vou continuar lutando para concretizar esse sonho”, disse.

Related Articles