Aparecida de GoiâniaPolítica

Pacientes terão acesso à animais de estimação durante tratamento em Aparecida na rede pública e privada

Com a aprovação do Projeto de Lei Nº 026/19, fica permitido o ingresso de animais domésticos e de estimação nos hospitais da rede pública e privada, contratados ou conveniados que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), no âmbito de Aparecida de Goiânia. O projeto é de autoria do vereador Hilário Giacomet (PSB).

O ingresso dos animais deverá ser agendado junto à administração da unidade hospitalar, respeitando critérios da instituição e aos dispositivos da lei em questão, como: sempre acompanhado de algum familiar ou responsável; realizado em dispositivo (caixa) apropriado; autorização do médico do paciente; laudo veterinário do animal; determinação de local específico para o encontro dentro da unidade de saúde, dentre outros.

Além disso, a lei expressamente proíbe o ingressos nas áreas de isolamento, de quimioterapia, de transplante, de assistência à pacientes vítimas de queimaduras, na central de material e esterilização, na unidade de tratamento intensivo (UTI), de preparo de medicamentos, na farmácia popular e na área de manipulação, processamento, preparação e armazenamento de alimentos.

Segundo Hilário, a proposta tem como objetivo principal alavancar os benefícios da denominada “Terapia Assistida por Animais (TAA)”.

“Vários estudos comprovam a relação entre o contato com o animal de estimação e a melhora de crianças e adultos, principalmente em relação à distúrbios de comportamento e doenças mentais graves. Eles, de fato, trazem benefícios à saúde do paciente”, explica o vereador.

Related Articles