Aparecida de Goiânia

Guarda Civil de Aparecida renova concessão de porte de arma com a Polícia Federal

Responsáveis por zelar pelo patrimônio público e assegurar a segurança nos espaços públicos da cidade, a Guarda Civil de Aparecida de Goiânia renovou na sede da Superintendência da Polícia Federal em Goiás, o termo de concessão de porte de arma de fogo aos integrantes da guarda municipal, em conformidade com as determinações legais contidas no Estatuto do Desarmamento.

O prefeito Gustavo Mendanha, o secretário de Mobilidade e Defesa Social, Luziano da Costa Vale, e o comandante da Guarda Civil, CCM Roberto Cândido, foram recebidos pela superintendente regional da Polícia Federal (em exercício), delegada Marcela Rodrigues Siqueira, e pelos delegados Ismael Coelho e Rodrigo Deluca. Na oportunidade, o gestor municipal assinou o termo com a Polícia Federal para garantir o uso do armamento aos 513 guardas civis de Aparecida.

O prefeito destacou que o município saiu da lista das cidades mais violentas e isso se deve aos investimentos realizados. “Graças ao trabalho desses profissionais junto às forças policiais, Aparecida saiu do ranking das 100 cidades mais perigosas do mundo. Essa parceria entre Polícia Federal e a prefeitura  garante mais condições para que a Guarda Civil continue contribuindo com a segurança da nossa cidade e proporcionando melhor vigilância do nosso patrimônio público”, salientou o prefeito Gustavo Mendanha.

O Secretário de Mobilidade e Defesa Social, Luziano da Costa Vale, destacou a importância do porte de arma para a Guarda Civil de Aparecida. “A Guarda Civil exerce um trabalho preventivo, ostensivo e patrimonial e contribui efetivamente com a segurança do município. A renovação do documento para o porte de arma da Guarda é imprescindível para a continuidade dos trabalhos de segurança na cidade”, finalizou. Fonte: Rafael Freitas

Related Articles