Estado

Goianos atendem convite de Caiado e enchem de vida a Praça Cívica

“Não estamos falando em obras, estamos falando em dar vida para um espaço maravilhoso. Não podemos deixar com que esses locais sejam tomados pela criminalidade”, disse o governador durante evento que reuniu centenas de famílias em um dos cartões postais de Goiânia

O espaço que estava há anos vazio e sem atrações ganhou vida no domingo (07/04). A Praça Cívica, no Centro de Goiânia, foi palco de uma série de atividades de lazer e cidadania com o evento Viva a Praça Cívica, idealizado pelo governador Ronaldo Caiado e realizado em parceria com a Prefeitura de Goiânia, e que reuniu centenas de famílias no local. “Não estamos falando em obras, estamos falando em dar vida para um espaço maravilhoso, como a Praça Cívica e outras tantas. Não podemos deixar com que esses espaços sejam tomados pela criminalidade”, ressaltou Caiado, que adiantou que pretende expandir o projeto de revitalização de espaços públicos para outras cidades goianas.
“Vamos fazer com que haja um sentimento em todas as praças de Goiânia, em todas as praças do Estado de Goiás. Vamos mostrar que somos donos do Estado no sentido de que nós ocuparemos tudo aquilo que é das pessoas de bem, as pessoas que querem alavancar o nosso Estado, trabalhar em nosso Estado”, disse o governador.
A ideia do evento surgiu assim que o governador e a primeira-dama, Gracinha Caiado, se mudaram para o Palácio das Esmeraldas. Na ocasião, Caiado notou que a Praça Cívica estava deserta e, em seus passeios pelo espaço, conversou com moradores da região, que relataram medo em passar pelo local. “Assustavam a quantidade de assaltos, de usuários de drogas que ocupavam os prédios, as laterais dos prédios do governo. Então determinei a Casa Militar que nós déssemos total segurança aos visitantes. Mas não só na Praça Cívica, vocês já sentiram que em Goiás já mudou o clima”, disse o governador, que agradeceu o empenho das polícias Civil e Militar, e dos agentes penitenciários. “Vamos devolver o Estado de Goiás aos goianos, podem ter certeza. Os goianos terão o direito de circular onde desejarem, não serão importunados, não serão assaltados, porque isso é um compromisso nosso de governo, trazer paz para as pessoas que trabalham”, completou.
Caiado também fez um agradecimento especial ao Corpo de Bombeiros Militar de Goiás e ao comandante-geral da corporação, Coronel Dewilson Adelino Mateus, que trouxeram atividades de lazer e de orientação para as famílias, e assim cumpriram a missão dada pelo governador. “Muito obrigado por essa ajuda e esse apoio”, reconheceu.
Continuidade
O Viva a Praça Cívica, segundo o governador, é o pontapé para que a população ocupe o espaço. A ideia é que todos os domingos, os goianienses e visitantes da capital tomem conta do local, que estará sempre limpo e seguro para ser aproveitado pelas famílias.
Caiado também pediu aos seus secretários que organizem atividades na Praça e que estuda projetos para que o local continue vivo. “Vamos recuperar prédios que aqui estão para nós podermos ter uma praça aberta também, com biblioteca, acesso à internet, poder fazer com que a Praça tenha vida”, disse, ressaltando que a população precisa participar da iniciativa. “Nessa hora é muito importante porque o que estamos deixando claro é: a Praça é de todos, e nós queremos uma praça viva. Viva a Praça Cívica! Venham para cá, todos os goianienses, aqueles que estão visitando Goiânia, venham ver o palácio, todos os prédios, é algo maravilhoso”, convidou.
A presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e primeira-dama, Gracinha Caiado, também convidou a todos a frequentar a Praça Cívica. “Queremos todos vocês pertinho de nós, não apenas nesse domingo, mas durante todo esse tempo. Vamos estar aqui participando com vocês dessa alegria, dessa Praça Cívica maravilhosa, a praça, eu me atreveria a dizer aqui, mais bonita do Estado de Goiás”, completou.
Sintonia com o município
Representando a Prefeitura de Goiânia, o secretário de Administração, Agenor Mariano, ressaltou que a responsabilidade de cuidar da Praça Cívica é do Executivo municipal e que Caiado “mostra gesto de humildade” ao se preocupar com o local. Disse ainda que o cuidado com os espaços públicos é responsabilidade de todos que usufruem deles. “Quem vai determinar se você vai vir para praça é você mesmo, quem vai determinar se ela estará limpa ou suja, somos nós mesmos”, enfatizou.
Caiado destacou que a ação deste domingo demonstra total sintonia com a Prefeitura de Goiânia e que o esforço conjunto tem o objetivo de melhorar a vida da população. “E é dessa maneira que vamos fazer não só em Goiânia, mas buscando [parcerias] em todo o Estado de Goiás”, frisou.
Apoio do Legislativo
Além da participação da população, que compareceu e levou suas bicicletas e animais de estimação para o evento, deputados e vereadores estiveram presentes na Praça acompanhando de perto a iniciativa de Caiado. “O que as pessoas querem é o governo mais próximo das pessoas, não só em discurso, mas em ações concretas. O senhor dá prova disso aqui”, disse o deputado estadual Virmondes Cruvinel (Cidadania).
“O governador demonstra hoje que quer ter uma proximidade maior conosco e que deseja escutar a população. Parabenizo mais uma vez nosso governador e vocês, por estarem aqui nesse evento tão importante”, destacou o vereador Paulo Daher. Também estiveram presentes o deputado estadual Bruno Peixoto e os vereadores Alfredo Bambu, Anderson Sales/Bokão , Álvaro da Universo, Denício Trindade, Divino Rodrigues, Felisberto Tavares, Kleybe Moraes, Leia Klebia, Paulinho Graus, Paulo Magalhães e Zander.
O evento
O Viva a Praça Cívica começou com o hasteamento das bandeiras do Brasil, de Goiás e de Goiânia. Em seguida, cerca de 200 bombeiros mirins cantaram, junto com o governador, primeira-dama e demais autoridades, os Hinos de Goiás e do Brasil. Após os discursos, Caiado fez questão de cumprimentar e tirar fotos com os bombeiros mirins e os profissionais que estavam no local. Depois, saiu acompanhado de cerca de 80 ciclistas em um comboio que percorreu, por cinco voltas, o anel interno da Praça Cívica.
Também foram realizadas apresentações de dança e teatro, exposições de animais empalhados, oficinas de primeiros-socorros e de orientações de segurança, distribuição de mudas, de pipoca e algodão-doce. As famílias puderam tirar fotos com carros antigos e até do helicóptero dos Bombeiros. As crianças ainda puderam aprender brincando com o projeto Detranzinho e aproveitaram as mesas de pebolim, peteca, pula-pula, além do paredão de escalada e tirolesa.
O evento teve a participação da Prefeitura de Goiânia, com a Comurg e a Secretaria Municipal de Infraestrutura, que cuidaram da organização da Praça; e a Agência Municipal do Meio Ambiente, que fizeram a entrega de 2 mil mudas de árvores. Também teve apoio do Iphan e Sesi, que trouxe noções de culinárias para as crianças. As apresentações de dança e teatro ficaram por conta do Grupo Noah e dos alunos da Pontifícia Universidade Católica. Já o grupo Prosa divertiu as crianças com pinturas.
Participaram do evento os secretários de Estado Valéria Torres (Comunicação), Fátima Gavioli (Educação), Edival Lourenço (Cultura), Marcos Cabral (Desenvolvimento Social), Coronel Newton Castilho (Casa Militar) e o Tenente Coronel Urzêda (Diretoria de Administração Penitenciária)

Related Articles