Aparecida de Goiânia

Faculdade Alfredo Nasser realiza ação social no Quilombo Urbano de Aparecida de Goiânia

Iniciativa fechou oficialmente a programação do MOCCA 2019

Como parte do Movimento Científico e Cultural de Aparecida de Goiânia (MOCCA) 2019, foi realizada a Ação Social e Cidadania no Quilombo Urbano Jardim Cascata. Localizado na periferia de Aparecida de Goiânia, esse é um dos quatro quilombos urbanos de Goiás. Os outros são Tomás Cardoso (Goianésia), Nossa Senhora Aparecida (Cromínia), Antônio Borges (Barro Alto) e Vó Rita (Trindade), num total de vinte e oito comunidades quilombolas certificadas pela Fundação Cultural Palmares em nosso Estado.

Segundo o coordenador do projeto, professor Dr. Júlio César Borges, essa ação de extensão busca aliviar a carência de serviços públicos vivenciada pelos moradores. Segundo o docente, nesse quilombo, instalado em 1991 e registrado, oficialmente, em 2007, as famílias são compostas por cinco pessoas, em média, que vivem em casas de alvenaria e utilizam o ônibus como principal meio de locomoção na cidade. Possuem baixa escolaridade e sobrevivem com baixos rendimentos oriundos de trabalhos informais, na grande maioria.

A Ação Social e Cidadania levou orientações de saúde e atendimento jurídico para os adultos e atividades lúdicas para as crianças, além de aferição de pressão e de taxas de glicose. Ocorreu na Escola Estadual do Jardim Cascata, cuja diretora, Gilma Alcântara, esteve presente juntamente com a coordenadora regional de educação de Aparecida de Goiânia, vinculada à Secretaria Estadual de Educação, Thereza Cristina, e a presidente da Associação Comunitária do Quilombo Urbano do Jardim Cascata, Maria Lúcia das Dores.

A oportunidade serviu de aprendizado para os acadêmicos de Medicina, Direito e Pedagogia da Faculdade Alfredo Nasser. Do curso de Medicina, participaram as Ligas Acadêmicas de Geriatria, Saúde da Família (com sua orientadora, professora Sandra Prudente), Pneumologia Pediátrica e Dermatologia; do Direito, acadêmicos do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) e da Pedagogia, alunos e alunas do quarto e quinto período. “Eles puderam aplicar os conhecimentos e habilidades assimilados em sala de aula e, com isso, contribuíram com a melhoria da qualidade de vida na comunidade”, explica o professor Julio.

Related Articles