Aparecida de Goiânia

Estudantes da rede pública soltam a voz na primeira etapa do Festival da Juventude

Incentivados por professores, alunos de diversas escolas do município soltaram a voz na primeira etapa do Festival da Juventude realizado na quinta-feira, 25. Estilos como o funk e pop rock passaram pelo palco, mas o sertanejo dominou as 23 apresentações no decorrer do evento realizado no Colégio Estadual Jardim Tiradentes.

Ana Júlia Ferreira estava tranquila. Apesar da pouca idade, 16 anos, a adolescente já possui uma bagagem na música com apresentações em bares, casamentos e eventos. “Eu canto diversos estilos, ainda não me arrisquei no internacional, mas pretendo”, disse a estudante do Colégio Estadual José Lopes Rodrigues. Questionada sobre a participação, Ana relatou que conheceu o projeto por meio de professores. “Meus professores falaram do concurso e eu fiz a inscrição. Só de participar é um privilégio, se ganhar será melhor ainda”, declarou a jovem que interpretou uma canção da dupla sertaneja Bruno e Marrone.

Jheniffer Cristina de 16 anos estava ansiosa, pois era a primeira vez que se apresentaria em público. Ela conta que sua voz era conhecida apenas pelos colegas de escola. “Tô muito nervosa. Ansiosa”. Ana Flávia e Everson, ambos de 17 anos, se apresentaram pela segunda vez em público. “Nosso professor lançou o desafio e estamos aqui para cumprir”. Questionados sobre a expectativa, Everson foi rápido: “Ganhar”.

De acordo com o secretário de Juventude Hanleryo Arantes, nesta primeira etapa serão selecionados 10 artistas (entre individuais, duplas e grupos) para que participem da segunda fase que ocorre no próximo sábado, 27. O titular da secretaria da Juventude fez questão de destacar a importância da música na formação de cidadãos. “Nós trabalhamos com políticas públicas de inclusão social da nossa juventude e por meio da música temos a oportunidade de resgatar jovens”, declarou.

A segunda fase do Festival da Juventude será realizada no palco do Prefeitura em Ação, às 11h, neste sábado, 27, na Escola Municipal Maria Gomes da Silva, no setor Colonial Sul. Hanleryo Arantes explica que para a escolha dos melhores cantores serão avaliados critérios como interpretação, presença de palco e afinação. “ O evento contou com uma banda profissional contratada pela Prefeitura que acompanhou todos os participantes”, informou. Hanleryo explica ainda que o festival é realizado uma vez por mês com prioridades para estudantes das escolas e colégios estaduais da região onde acontece o evento.

Dos 23 inscritos para participarem da seletiva do Festival nesta quinta, 25, 10 foram selecionados para disputar a grande final no sábado. São eles: Julia Rodrigues, Isadora Freitas, W. Kennedy, Bruno Oliveira, Izaque e Cristina, Louvor no Pátio, Zé Matheus, Ana Júlia, Carol Guedes e Máfia 593.

Aparecida É Show

Além de ganhar instrumentos musicais, os primeiros colocados participarão de um novo concurso com campões das edições anteriores e os melhores irão cantar no palco da tradicional festa de maio, o Aparecida É Show. “Vamos escolher o vencedor dos vencedores e ele cantará no Aparecida Show. Para essa escolha teremos um jurado do meio artístico nacional”, disse o secretário executivo da Juventude, Hanleryo Arantes.

Hanleryo revela ainda que os planos da prefeitura são audaciosos no sentido de oferecer oportunidades aos artistas da cidade. “O prefeito está empenhado em trazer um estúdio comunitário para que as pessoas possam gravar suas músicas gratuitamente. Nós conhecemos um modelo em Belo Horizonte e pretendemos implantar em Aparecida para atender nossos jovens talentos”, afirma. Fonte: Josiane Coutinho

Related Articles