Estado

DEPUTADO JULIO PINA – propõe audiência para discutir a erradicação da salmonella em Goiás

BACTÉRIA PODEROSA

 

O deputado estadual Julio Pina (PRTB), segundo secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), promove audiência pública para discutir a erradicação da salmonella no estado de Goiás. Com o objetivo de promover a prevenção, controle, monitoramento e erradicação das principais salmonelas, o evento acontecerá nesta quinta-feira, 27, no auditório Costa Lima, às 14 horas.

A salmonella é uma bactéria capaz de causar doenças em humanos que provoca infecções e até mesmo a morte, onde possui muita relevância para a saúde pública. Sua transmissão é por ingerir alimentos contaminados, encontradas normalmente em animais como as aves, porcos e outros. Consubstanciando extrema importância para a saúde pública e econômica do Estado, a realização do combate a Salmonela tomou como base no Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA), instituído pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O deputado Julio Pina justifica a realização da audiência ao pontuar que o Brasil é o segundo maior produtor mundial e o maior exportador global de carne de frango. Além disso, em Goiás somente o abate de aves em 2017 foi de 378.602.112 cabeças, que representa a participação de 6,5% do mercado nacional. Ou seja, é um mercado muito importante para a economia goiana, ficar de braços cruzados nunca foi e jamais será aceitável quando o assunto é discutir e apresentar propostas plausíveis no sentido de eliminar a presença desta doença nas criações avícolas e suínas de Goiás.

“Tivemos a preocupação de convidar autoridades envolvidas na política de Estado no que diz respeito a incentivos e fiscalização destas atividades econômicas. Como exemplo, convidamos o ex-deputado estadual e presidente da Agrodefesa José Essado, além de outras pessoas ligadas à Vigilância Sanitária Estadual”, acrescentou o deputado. Além das autoridades mencionadas, foram convidados todos os deputados estaduais em exercício na Alego.

Fonte: Assessoria de imprensa – Auvaro Maia

Related Articles