Goiânia

Campinas 209 anos: Prefeitura revitaliza acervo Art Déco no bairro

Após revitalizar Coreto da Praça Joaquim Lúcio, Biblioteca Cora Coralina e o Campinas Palace Hotel também serão reformados

Além da vocação empreendedora e do comércio pujante, Campinas é destaque em Goiânia por abrigar um vasto e importante acervo em Art déco. Em virtude disso, a Prefeitura de Goiânia segue revitalizando os espaços públicos do bairro com o objetivo de valorizar o patrimônio arquitetônico da região.

Depois de revitalizar o Coreto da Praça Joaquim Lúcio, a gestão municipal vai iniciar, ainda em 2019, a revitalização da Biblioteca Cora Coralina, localizada na Avenida 24 de Outubro, e do Campinas Palace Hotel, erguido na década de 70. As obras ocorrerão paralelas à reforma do Coreto da Praça Cívica e do Relógio da Avenida Goiás.

Os projetos serão semelhantes às obras de restauração da Antiga Estação Ferroviária, restaurada em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e do Coreto da Praça Joaquim Lúcio. Com 124 anos, o espaço, que foi construído antes mesmo da criação da Capital, foi reestruturado com paisagística, pintura obedecendo os traços originais e requalificação da iluminação e recuperação da parte estética.

A intenção é valorizar o Acervo Arquitetônico e Urbanístico Art Déco de Goiânia, tombado em 2003 e um dos mais importantes e representativos do mundo. O conjunto possui 22 edifícios e monumentos públicos concentrados na região central da cidade.

 

Aniversário de Campinas

As obras de restauração foram anunciadas pelo prefeito Iris Rezende, que transferiu simbolicamente a sede administrativa da capital para Campinas nesta segunda-feira, 8, durante a Sessão Especial promovida pela Câmara Municipal de Goiânia no Colégio Santa Clara em homenagem aos 209 anos do bairro. “É nosso reconhecimento pela contribuição de Campinas na construção de Goiânia. Se não fosse o gesto de grandeza, de amor a Goiás dos campineiros, a capital não teria sido construída no local viável que se encontra hoje”, destacou Iris Rezende.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Romário Policarpo, presidiu a sessão, que teve a participação do governador Ronaldo Caiado e dos parlamentares. ‘A transferência da capital para Campinas é merecido reconhecimento do trabalho e da contribuição dos precursores para o desenvolvimento de Goiânia e de Goiás. É nosso berço econômico, cultural e político’, disse Policarpo

Durante a solenidade, foram entregues a Comenda do Mérito Campineiro Licardino de Oliveira Ney e o Diploma de Honra ao Mérito para os cidadãos que contribuíram para o crescimento de Campinas. A Sessão Especial foi realizada no auditório do Colégio Santa Clara, fundado em 1922 por quatro Irmãs Franciscanas vindas da Alemanha, e que integra o acervo art déco da capital.

Neste ano, os cidadãos contemplados com a comenda e a medalha tiveram os nomes sugeridos pelos vereadores Anselmo Pereira (PSDB), Denício Trindade (SDD), Divino Rodrigues (PROS), Paulo Magalhães (PSD) e Sabrina Garcêz (sem partido). Campinas é cidade precursora da nova capital: foi fundada em 1810, portanto 123 anos antes de Goiânia.

 

Obras

Além do anúncio das obras, o prefeito Iris Rezende realizou a tradicional visitação aos estande do Mutirão realizado no Parque Campininha das Flores.  A comitiva visitou a Praça do Racha, onde será instalado um estacionamento e equipamentos de lazer e requalificação da iluminação. Além disso, o prefeito Iris Rezende vistoriou a reforma do Posto de Saúde da Família (PSF) da Esplanada dos Anicuns e passou pelo Córrego Cascavel em atendimento a um requerimento do vereador Divino Rodrigues.

A Prefeitura de Goiânia concentrou ações em 25 bairros com serviços de varrição de vias, capina manual, limpeza de córregos e mananciais, poda de árvores, pintura de meios-fios, revitalização de praças, operação tapa-buracos, execução de bueiros, tratamento de erosões, limpeza e recuperação de bocas de lobo, roçagens manual e mecânica. Fonte: Antônio Bento

Related Articles