Estado

Regularização Fundiária beneficia famílias de Palmelo

O programa de regularização fundiária do Governo de Goiás, executado pela Agência Goiana de Habitação (Agehab), pôs fim à espera de 19 anos da funcionária pública Rosângela Mendonça, 42 anos, pela escritura. Ela mora no Bairro Vila Dionísio Lopes da Silva, em Palmelo, desde que se casou, aos 23 anos de idade, e possuía apenas um recibo de compra e venda da moradia.

“A escritura é muito importante para dar segurança à família. Já tive medo de sair de casa e ela ser invadida. Também tentei fazer empréstimo junto ao banco para reformar e foi negado porque não tinha o documento”, contou.

Foram beneficiadas na última sexta-feira (22/11) pela ação da Agehab 20 famílias do Bairro Dionísio Lopes, fundado em 1983. A solenidade de entrega aconteceu com a presença do Diretor de Desenvolvimento Institucional e Cooperação Técnica, Lucas Gouveia, que representou o presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo.

Alegria também para a professora Iracilda Aparecida da Silva, de 60 anos, que chegou ao bairro no começo da década de 80, assim que ele foi construído. Ela participou do mutirão que colocou as casas de pé. “Minha casa foi uma bênção de Deus. Muitos vizinhos da época venderam, morreram, mas eu não! Permaneço aqui para usufruir dessa conquista que é a escritura. Agora é minha, de papel passado! E está ficando cada dia mais bonita”, afirmou a antiga merendeira, que conseguiu realizar o sonho de tornar-se professora graças à conquista da casa própria. Sem gastar com aluguel, ela teve condições de pagar o curso de pedagogia. Iracilda mora na casa com dois irmãos e um casal de filhos.

Segundo o presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, o Governo de Goiás cumpre em Palmelo mais uma etapa do programa que foi retomado com o objetivo de fechar 2019 com a marca de 2,5 mil escrituras entregues em vários municípios. “A escritura é um anseio muito grande de famílias que esperam há anos para ter assegurado o seu direito de propriedade. Na Agehab estamos destravando todos os processos para que os benefícios cheguem às famílias”, frisou Eurípedes do Carmo.

Assessoria de Imprensa Agência Goiana de Habitação (Agehab)
Mais informações:(62) 3096.5015/5016

Related Articles