Estado

Governo de Goiás unifica datas de pagamentos para prestadores credenciados ao Ipasgo

Medida é inédita no Estado

Com o objetivo de ampliar a transparência nos atos do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo), o Governo de Goiás anuncia a unificação das datas dos pagamentos dos prestadores de serviços credenciados como pessoa física e pessoa jurídica. A medida inédita na história do plano integra as ações de celebração dos 57 anos do Ipasgo.

A partir deste mês de outubro, os profissionais e as empresas de saúde passam a receber suas faturas numa mesma data. Neste mês, o pagamento foi feito no dia 29. Ao total, o Ipasgo quitará R$ 129.301.316,35 em faturas, sendo R$ 108,5 milhões para pessoas jurídicas e R$ 20,5 milhões para pessoas físicas.

A previsão é de que os pagamentos sejam feitos por volta do dia 29 de cada mês. A cada mês a data de depósito será informada pelo Ipasgo. O presidente do Ipasgo, Silvio Fernandes, afirma que a unificação das datas é mais um avanço da gestão do governador Ronaldo Caiado, que vai trazer mais segurança para os prestadores.

Fernandes recorda que, no início do mandato, o Governo de Goiás encontrou o Ipasgo em situação de caos financeiro, com dívidas com a rede credenciada de prestadores de serviços. “Além dos atrasos, não havia regras claras para os pagamentos da rede credenciada. Alguns profissionais recebiam, outros não. O mesmo ocorria com as empresas. Todas as decisões eram tomadas sem critérios técnicos e geravam insegurança aos nossos prestadores”, diz.

Após iniciar o processo de saneamento das contas e de implementação de processos eficientes de gestão, em menos de 100 dias de gestão, o novo governo conseguiu saldar cerca de R$ 500 milhões em dívidas com a rede credenciada, pessoas físicas e jurídicas, que foram deixadas pela gestão anterior. Ele explica que, como no primeiro semestre a situação do plano era de emergência, o primeiro passo foi quitar as dívidas e estipular datas para os pagamentos integrais de pessoas físicas e jurídicas.

“Agora, demos um passo a mais e unificamos as datas. Nosso foco é uma gestão moderna e transparente. Desde o primeiro dia estamos atuando para isso, pagamos as dívidas e estamos a cada dia cumprindo as metas estipuladas pelo nosso governador. Estamos organizando as contas e assim melhorando a prestação de serviços aos nossos usuários”.

Avanços para a rede credenciada

Em setembro, o Governo de Goiás reduziu o prazo de pagamento dos prestadores de serviços do Ipasgo credenciados como pessoa física, que representam cerca de 3.210 profissionais no Estado de Goiás. As quitações da faturas passaram a ser feitas no prazo de dois meses.

Antes, em 2018, por exemplo, os profissionais e empresas credenciados ficaram sem receber por mais de 180 dias. Em janeiro deste ano, o governador Ronaldo Caiado assumiu o Estado e encontrou quase quatro meses de atrasos nos pagamentos do Ipasgo para com a rede credenciada.

Segundo o presidente do Ipasgo, Silvio Fernandes, o próximo passo será a regularização do pagamento dos prestadores de serviço credenciados como pessoa jurídica, que somam cerca de 900 empresas.

Comunicação Ipasgo

Related Articles