Aparecida de Goiânia

Crianças dos 11 Centros de Convivência ganharam um dia de pura diversão

A festa contou com pula-pula, algodão doce, pipoca, futebol de sabão, touro mecânico, piscina de bolinhas, brincadeiras antigas e muito mais

Em comemoração ao Dia das Crianças a Secretaria de Assistência Social realizou nesta sexta-feira, 18, um dia de diversão no Centro de Cultura e Lazer José Barroso. A festa contou com brincadeiras infantis, brinquedos como pula-pula e touro mecânico, piscina de bolinhas, brincadeiras antigas, escorregador inflável, lanches, algodão doce, pipoca e no fim da manhã, as crianças ainda ganharam brinquedos. A ação foi voltada para as crianças atendidas nos 11 Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Aparecida.

Toda as regiões de Aparecida de Goiânia são contempladas com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Esses locais oferecem para as crianças e adolescentes atividades no contra turno da escola como futebol, natação e xadrez, reforço escolar, atividades culturais e artísticas como aulas de músicas, canto e dança, além de acompanhamento com assistentes sociais e psicólogos, que visam a interação social, proteção e qualidade de vida.

“Hoje é um dia especial na vida dos alunos dos Centros de Convivência. A maioria das crianças que estão aqui hoje vivem em situação de vulnerabilidade social, e seus pais não têm condições de realizar um dia de diversão ou comprar brinquedos. E nós da Assistência Social, abraçamos essas crianças e proporcionamos tudo que elas têm direito, pois este é o nosso papel, o de garantir os direitos dessas crianças e um dos direitos é o lazer”, destacou a secretária de Assistência Social e primeira-dama Mayara Mendanha.

Ao todo mais de 1300 brinquedos foram entregues para a criançada. Mariana Felix, 11 anos, foi uma das beneficiadas. Ela é atendida no Centro de Convivência da Guarda Mirim, e contou que nunca vai esquecer desse dia tão feliz. “Esse está sendo um dos melhores dias da minha vida, porque a gente tem a oportunidade de brincar e de ganhar brinquedos. Já brinquei no touro mecânico, escorregador e pula-pula, nunca vou esquecer desse dia, estou muito feliz”, disse Mariana.

Representando o prefeito Gustavo Mendanha, o vice-prefeito Veter Martins esteve presente na ação e comentou o quão lindo era o sorriso no rosto dos pequenos. “A primeira-dama Mayara e o prefeito Gustavo Mendanha são muito carinhosos com o povo da nossa cidade, principalmente com nossas crianças. Ver o sorriso delas, a alegria em brincar num pula-pula é muito reconfortante, pois sabemos que a maioria aqui não teria condições de ter a oportunidade de ganhar um brinquedo ou ir a um parque. Tenho a convicção que estão todos muito felizes”, salientou Veter.

O Joaquim Batista, de 11 anos é atendido pelo Centro de Convivência Padre Giovanni Pini e disse que estava muito feliz de participar da festa. “Eu to achando tão boa essa festa, já brinquei muito e ganhei um carrinho e uma bola. Quero chegar em casa pra mostrar para meus pais”, disse Joaquim muito empolgado com o presente em mãos.

Reconhecimento

Durante a cerimônia de entrega dos brinquedos, a primeira-dama reconheceu os serviços prestados pelos servidores que atuam dentro dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e destacou a história da Aline Monteiro de 28 anos, que foi acolhida pelo Centro de Referência Especializado à População em Situação de Rua (Centro POP) há quatros, e hoje é voluntária na unidade da Vila Brasília.

“Quero homenagear uma guerreira que foi acolhida pelo Centro POP. A Aline era moradora de rua e pediu ajuda para nossa equipe, ela estava grávida na época e nós a acolhemos, hoje ela é uma vencedora porque nunca desistiu da mudar de vida, mesmo com tantas dificuldades ela venceu. Agora atua como voluntária ajudando outras pessoas a saírem das drogas e da rua”, informou Mayara.

A Aline ganhou um troféu simbólico de mulher vitoriosa em reconhecimento ao seu esforço de mudança de vida. Emocionada com a homenagem e muito aplaudida ela contou um pouco da sua história.

“Eu era moradora de rua e ia no Centro POP pra tomar banho, lavar roupa e comer. Eu ia lá durante o dia e a noite pra rua, mas não estava mais aguentando aquela situação. Quando engravidei eu procurei ajuda lá, porque eu queria muito mudar de vida, eles me acompanharam na clínica de reabilitação e no hospital para fazer o pré-natal. Hoje eu tenho minha família, moro em uma casa que a equipe ajudou a encontrar e agora atuo como voluntária, para ajudar outras pessoas que precisam”, contou Aline, dizendo ainda que é muito grata por todo o apoio recebido da secretária de Assistência Social e nunca irá esquecer tudo o que fizeram por ela durante esses quatros anos.

Fonte: Thayza Marins

Related Articles