Aparecida de Goiânia

No Dia do Condutor Socorrista profissionais participam de curso de qualificação

Na semana em que se comemora o Dia Nacional do Condutor Socorrista, os profissionais que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do município participaram de uma programação voltada diretamente à categoria. Durante os dias 9 e 10 de outubro foi realizado o curso “Capacitação dos Condutores de Ambulâncias”, realizado pela equipe de instrutores do Programa Educando e Valorizando a Vida (EVV), da Universidade Estadual de Goiás (UEG) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A capacitação aconteceu no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG/Aparecida) e contou com a participação de cerca de 100 profissionais, entre condutores socorristas do SAMU e os demais condutores da Divisão de Transporte da secretaria.

“Com certeza esses homens e mulheres tão importantes para o êxito dos trabalhos realizados na Urgência e Emergência do Sistema Único de Saúde (SUS) do município merecem uma atenção especial. O trabalho deles faz toda a diferença na hora de salvar vidas” – pontua o secretário da pasta, Alessandro Magalhães. “É muito interessante para nós que atuamos o dia inteiro nas ruas aprender um pouco mais sobre noções de transito, novas técnicas de direção defensiva e também a atualização da legislação do trânsito. Estamos lidando com vidas, por isso é preciso muita prudência no trânsito para que a equipe chegue em segurança no destino sem riscos de se envolver em nenhum acidente e colocar outras vidas de perigo” – lembra o condutor socorrista Adriano Zanette.

Condutores socorristas do SAMU de Aparecida participam de curso de qualificação

A diretora Geral do SAMU Centro Sul – Aparecida de Goiânia, Danielly Silvestre Bitencourt e Castro, explica que seguir capacitando e qualificando os condutores das ambulâncias é uma das melhores formas de valorização da categoria. “A capacitação ajuda os profissionais a terem condições de prestar o atendimento inicial demaneira mais adequada, garantindo mais segurança tanto para a equipe quanto às vítimas. E tudo isso sem deixar de aplicar corretamente as técnicas de direção defensiva, viabilizando assim a segurança de cena” – lembra a diretora. “É importante fixar que o SAMU é voltado ao Atendimento Primário, pré-hospitalar. Ou seja, em vias públicas ou nas residências das pessoas que são acometidas por uma situação de Urgência e Emergência. É importante não confundir a natureza desse serviço e evitar a sobrecarrega do sistema com chamadas que não são realmente urgentes” – completa.

Foram duas palestras que aconteceram durante os dois dias com cerca de 50 participantes em cada uma delas. A primeira foi “Acidentes com produtos perigosos”, ministrada pela Professora Carla Elaine Quege, foi dividida em dois módulos: “Aplicar normas de segurança na exposição a produtos perigosos e Auxiliar na organização da cena em situações de acidentes com cargas perigosas” e “Conceitos/Legislação Princípios de atendimento – Prestar o atendimento inicial de maneira adequada garantindo a segurança da equipe e das vítimas. A segunda palestra, ministrada pelos professores Marta Lúcia Rodrigues e Carlovan Porto da Silva, foi sobre “Técnicas de Direção Defensiva – Aplicar técnicas de direção defensiva, Utilizar sinais sonoros e luminosos nas situações de urgência e Viabilizar a sinalização e segurança da cena”.

Curso de qualificação para condutores socorristas
Fonte: Frederico Noleto

Related Articles