Estado

“Goiás vai ser o grande motor do desenvolvimento no Centro-Oeste”, projeta governador Ronaldo Caiado

Governador participou da inauguração da Usina Fotovoltaica Urbana da UniEvangélica, e aproveitou para reforçar a cobrança para que a Enel, parceira na construção da usina, invista na distribuição de energia no Estado

O governador Ronaldo Caiado destacou o potencial de Goiás na geração de energia solar, ao participar da inauguração da Usina Fotovoltaica Urbana da UniEvangélica – Campus Arthur Wesley Archibald, que produzirá energia de forma limpa e sustentável. Ao lado do secretário de Desenvolvimento e Inovação, Adriano da Rocha Lima, o governador conheceu este, que é o maior estacionamento solar do País, com espaço para 464 carros. O número de usinas fotovoltaicas em Goiás cresceu 90% entre 2018 e 2019.
Caiado elogiou a iniciativa da faculdade. “Para nós, anapolinos, é um grande orgulho. Não existe inovação sem esse ambiente propício, capaz de agregar novos projetos e startups, que podem se desenvolver e avançar no mercado. A UniEvangélica está mostrando isso”, frisou.
Concretizado em parceria com a Enel e mais seis empresas – responsáveis pela execução da obra –, o complexo energético já é considerado um dos maiores geradores de energia elétrica por radiação solar urbana do Brasil. Na inauguração, o governador reforçou a cobrança para que a Enel invista no Estado. “Goiás será o grande motor do desenvolvimento no Centro-Oeste. Não podemos ter falta da oferta da energia elétrica, que é fundamental para o desenvolvimento”, cobrou.
“Goiás quase dobrou o número de usinas fotovoltaicas entre 2018 e 2019. É um número expressivo que coloca nosso Estado numa posição privilegiada”, destacou o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Adriano Rocha Lima.
Impulsionar o desenvolvimento
O reitor Carlos Hassel Mendes considerou a inauguração da usina um marco na história da universidade, que vai estimular a propagação desta tecnologia e impulsionar pesquisas importantes para contribuir de forma significativa para o desenvolvimento sustentável em Goiás. “A UniEvangélica completou 72 anos dedicados à Educação como instrumento para mudança positiva da sociedade, sempre com compromisso com as pessoas. Entendemos que a universidade não pode ficar restrita aos seus muros”, avaliou.
A Usina Fotovoltaica Urbana da UniEvangélica conta com 2,9 mil placas solares instaladas em uma área de mais de 5 mil metros quadrados e irá gerar energia solar capaz de promover a economia de 2.463,80 MWh/ano, o que é o suficiente para abastecer aproximadamente 1.350 residências. Essa produção será usada para atender a 80% da demanda do Campus.
Presidente da Enel, Nicola Cotugno disse que a iniciativa converge os valores de cultura, inovação e parceria. “Estes são os reais princípios deste projeto”, pontuou. A diretora de sustentabilidade da distribuidora, Márcia Massotti garantiu que a empresa irá “contribuir para o desenvolvimento sustentável de Goiás”.
Professor emérito
Ainda na UniEvangélica, o governador prestigiou na cerimônia de outorga do título de Professor Emérito pelo Conselho Acadêmico ao anapolino João Asmar, advogado, contador, jornalista, escritor e ex-vereador por Anápolis. Por 66 anos se dedicou ao ensino universitário, grande parte deles na área do Direito. “Meu sentimento é de satisfação por esse reconhecimento. Sempre busquei dignificar minha família e honrar minha pátria, servindo ao próximo”, disse, emocionado, o professor.
“Este homem é um exemplo de vida, um pilar importante. Acima de tudo, uma pessoa humana e conciliadora. Este é João Asmar”, declarou o governador durante a solenidade. E ainda comentou sobre a trajetória, a tranquilidade e lucidez de Asmar, hoje com 97 anos. “É um homem que formou milhares de pessoas, sempre transmitindo princípios de honestidade e dignidade. Sinto-me aluno de sua escola.”
Também participaram das agendas do governador em Anápolis o prefeito da cidade, Roberto Naves; o deputado federal Ruben Otoni; os deputados estaduais Amilton Filho e Coronel Adaílton; o suplente de senador, Pedro Chaves; os vereadores Pastor Elias, Maria Geli e João Feitosa; o subprocurador-geral do Distrito Federal, Elenauro Batista; o juiz do Trabalho, Sebastião Martins; o vice-presidente da FACIEG, Luiz Medeiros Pinto; o chefe do Estado Maior da Ala 2 da Base Aérea de Anápolis, coronel Fisher; representantes da Enel e da UniEvangélica; além de outras autoridades e personalidades anapolinas.
Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Related Articles