Câmara de Aparecida de Goiânia

Aprovada utilidade pública ao Instituto Reger de Educação, Cultura e Tecnologia

Foi aprovado, durante sessão desta quarta-feira, 18, o Projeto de Lei Nº 078/19, de autoria do vereador André Fortaleza (PRTB), que reconhece de utilidade pública a entidade denominada “Instituto Reger de Educação, Cultura e Tecnologia”.

Segundo o vereador, a proposta tem como objetivo possibilitar ao instituto assinar convênios com órgãos públicos e garantir os benefícios que lhes são facultados, dentre eles reivindicar, nos órgãos competentes, isenção de contribuições destinadas à seguridade social, pagamento de taxas cobradas por cartórios e imunidade fiscal (restrita às entidades de assistência social e de educação). O título de utilidade pública concede ainda credibilidade para que a entidade possa ter direito de ter acesso às verbas destinadas à continuidade do trabalho social e educativo desenvolvido em prol do bem comum.

O Instituto

O Instituto Reger é uma organização social sem fins lucrativos qualificada para atividades de ensino profissionalizante, desenvolvimento tecnológico e pesquisa científica, dentre outras áreas do conhecimento aplicado. Para isso, conta com um quadro de profissionais especializados.

Classificando-se em 1º lugar no certame licitatório promovido pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento, o Instituto Reger assinou contrato com o Governo de Goiás para a gestão de 4 Institutos Tecnológicos em Anápolis e Catalão e 9 Colégios Tecnológicos, integrantes da Rede ITEGO. Essas unidades já estão funcionando sob a coordenação da nova equipe técnica com a meta de formar 100 mil alunos nos próximos 4 anos.

O Instituto Reger tem como objetivo promover a defesa e a conservação de bens e direitos sociais relativos à educação, ciência e tecnologia e a produção de conteúdo digital para difusão via internet visando a melhoria da qualidade de vida e a formação de milhares de alunos.

Related Articles