Política

Professor Alcides pede retirada do seu nome de CPI que quer investigar Sérgio Moro

Deputado federal Professor Alcides (PP) divulgou vídeo nas redes sociais no início da noite desta terça-feira esclarecendo que solicitou ao presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), via ofício, a retirada do seu nome da lista que pede a instauração da CPI das Mensagens Roubadas destinada a investigar a atuação do então juiz federal Sérgio Moro e do Procurador da República Deltan Dallagnol, na Operação Lava Jato.

O parlamentar disse que foi surpreendido no final de semana passado, através das redes sociais, de que havia assinado o pedido da CPI para investigar Moro e Dallagnol. “Quero dizer para vocês que nunca fui e não sou anti-Moro. Sou bolsonarista, sou a favor do Moro, do Dallagnol. Tudo que eles fizeram foi para o bem do Brasil. Foi através do trabalho feito pelo Moro e pelo Dallagnol que muitos bandidos estão na cadeia e outros ainda irão”, justificou.

Professor Alcides disse que houve engano e seu nome foi incluído na lista pela liderança do Progressistas. “Quero a retirada do meu nome dessa CPI porque não aprovo canalhice, nem bandidagem. Estou junto com Bolsonaro e Moro para o progresso do Brasil”, concluiu

Related Articles