Estado

Governo de Goiás e prefeituras se unem para viabilizar projetos de aterros sanitários

Goiás Parcerias e mais de 20 prefeituras realizaram visita técnica à obra do aterro sanitário em São Luís de Montes Belos para troca de informações sobre a destinação de resíduos sólidos

Mais de 20 prefeituras goianas, e quatro prefeitos do Estado do Tocantins, estiveram ontem (16) reunidos em São Luís de Montes Belos (GO), para visita técnica à obra do aterro sanitário do Consórcio Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (Cigirs), que vai atender a população dos municípios da região. O convite foi feito pela Companhia de Investimento e Parcerias do Estado de Goiás (Goiás Parcerias) e pela Federação Goiana de Municípios (FGM) com o intuito de promover interação e troca de informações entre consórcios e prefeituras interessadas, visualizar metas e objetivos, e esclarecer dúvidas sobre a implantação de projetos de resíduos sólidos.

Na ocasião, prefeitos, vereadores e lideranças regionais tiveram a oportunidade de apresentar as dificuldades encontradas para saneamento em seus municípios e como podem trabalhar, em conjunto com o Governo de Goiás, para o desenvolvimento do Estado. A obra do aterro em São Luís de Montes Belos foi escolhida por já estar em etapa avançada e por ser um dos consórcios atendidos pelo corpo técnico da Goiás Parcerias para vencer entraves e viabilizar o fim dos lixões.

O prefeito de São Luís de Montes Belos, Major Eldecirio, lembrou que a questão ambiental, de saneamento, é um problema não só do Estado de Goiás, mas de todo o País. Por isso, a preocupação dos municípios na celeridade dos processos relativos aos resíduos sólidos. O diretor do Cigirs, Fabrício Teixeira, também ressaltou que além das soluções para saneamento, os municípios que conseguirem concluir os aterros sanitários, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, podem ainda levar benefícios econômicos para a população. “Lixo também é dinheiro. Têm famílias que são sustentadas pelo trabalho com reciclagem, empresários recebem pelo serviço de tratamento correto dos resíduos sólidos, há muito a ganhar”, afirmou.

Para o presidente da Goiás Parcerias, Enio Caiado, o evento no canteiro de obras do aterro reforça a missão da Companhia de total apoio aos consórcios intermunicipais goianos. Desde o início de janeiro, tem recebido as prefeituras para viabilizar processos com assessoria jurídica e técnica da Goiás Parcerias. “Nossa expectativa é contribuir para a formação de mais 20 consórcios, além dos 15 existentes, para que todo o Estado esteja regularizado na questão do tratamento de resíduos sólidos. Por isso, a importância de ouvir as demandas, de ver e entender de perto, pois sabemos que os desafios são enormes”, explicou.

Participaram da visita técnica à obra do aterro sanitário os prefeitos goianos de São Luís de Montes Belos, Cachoeira de Goiás, Turvânia, Firminópolis, Jussara, Anicuns, Porangatu, Jandaia, Ivolândia, Palminópolis, Paraúna, Buriti de Goiás, Moiporá, Nerópolis, Morro Agudo, e do sudeste de Tocantins: Combinado, Novo Alegre, Aurora do Tocantins e Lavandeira. Também estiveram presentes representantes da FGM, de Mutunópolis, Perolândia, cidade de Goiás, Israelândia, Iporá, Britânia e Aurilândia.

Related Articles