Aparecida de Goiânia

Aparecida é a 1ª no ranking das cidades goianas com maior superávit na Previdência

O município teve o melhor resultado financeiro registrado em 2017 com superávit de R$ 51 milhões

Aparecida de Goiânia é a cidade goiana que mais consegue equilibrar as contas previdenciárias, fechando os anos com saldo positivo. Essa informação foi divulgada pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, ligada ao Ministério da Economia. De acordo com o órgão nacional, entre os municípios com Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) de Goiás,  Aparecida teve o melhor resultado financeiro registrado em 2017.

O resultado do levantamento feito pela Secretaria é a junção das receitas e despesas na parte financeira dos órgãos previdenciários dos municípios.  Com receita de R$ 70 milhões e despesa de R$ 19,4 milhões, o regime próprio de Aparecida teve superávit de R$ 51 milhões em 2017. De acordo com dados da AparecidaPrev, em 2018 o resultado no Caixa da Previdência também foi positivo. Com receita de R$ 71,5 milhões e despesa de R$ 21,2 milhões, o município teve superávit de R$ 50,2 milhões. “A cidade é jovem e nunca teve dívida alta. Acredito que os números registrados nos últimos anos são resultado do crescimento do município e a Previdência foi junto”, avaliou o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha.

Segundo o presidente da autarquia, Tarcísio dos Santos, os valores são investidos em fundos de bancos ligados ao governo federal. “Todo o valor relacionado à Previdência dos servidores é aplicado em fundos de baixo risco do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Nosso objetivo é o de sempre honrar com o pagamento das aposentadorias e benefícios dos servidores aposentados e pensionistas que dependem dos recursos, por isso buscamos incrementar o valor do instituto de forma responsável”, ressaltou.

Na lista de municípios com Previdência com saldo positivo, Rio Verde aparece em segundo lugar com R$ 33 milhões e Senador Canedo em terceiro, com R$ 31 milhões. No levantamento do Governo Federal a cidade com pior resultado no Caixa da Previdência em 2017 foi Goiânia, com o déficit financeiro de R$ 217 milhões.

AparecidaPrev

O AparecidaPrev é a autarquia responsável pelo recolhimento, gestão e aplicação das contribuições previdenciárias para o fundo da previdência, sendo que este financiamento é composto por alíquotas de 11% sobre o rendimento de servidores ativos e 11,5% de contribuições patronais (Prefeitura e Câmara). Outra importante forma de financiar a previdência se dá através de uma gestão qualificada dos recursos patrimoniais, que se resume em poupanças ou reservas para honrar os compromissos futuros da autarquia com os pagamentos de aposentadorias e pensões de quem ainda está ativo.

De acordo com o presidente do AparecidaPrev, Tarcízio dos Santos, o patrimônio acumulado subiu de R$ 208 milhões em 2017 para R$ 330 milhões em 2019. “O principal objetivo do Fundo é pagar as aposentadorias e pensões dos servidores inativos, além de configurar uma reserva para a aposentadoria dos cerca de 7,2 mil servidores ativos atualmente. É fundamental o conhecimento da evolução do patrimônio deste Fundo Previdenciário, que se traduz na garantia de que os benefícios futuros estejam adequadamente assegurados aos servidores”, pontuou. Fonte: Rackel Vieira

Related Articles